Patriani

TURISMO

29 de junho de 2022

Pantanal: viagem pela linda paisagem de novela

Turismo

29 de junho de 2022

Escrito por

Maristela do Valle

Tempo de leitura: 2 minutos

Tempo de leitura:

2 minutos

As deslumbrantes paisagens do Pantanal que você vê na TV não são efeitos especiais ou truques de computação gráfica. Elas existem de verdade e podem ser admiradas ao vivo e a cores, durante uma incrível viagem pela região.

Você admira a exuberante vida pantaneira durante safáris de caminhões abertos, cavalgadas, caminhadas e passeios de barco. As atividades já fazem parte da programação dos hotéis, que têm toda estrutura para receber os visitantes com total segurança.

Safáris, cavalgadas, caminhadas e passeios de barco

A vida não tem pressa no Pantanal. E também é imprevisível. Você nunca sabe exatamente o que vai encontrar durante as caminhadas, os safáris, as cavalgadas ou os passeios de barco. Pode ser um tamanduá-bandeira procurando formigueiros; uma família de ariranhas brincando no rio; uma ema protegendo seu ninho; ou mesmo um cervo-do-pantanal galopando na savana.

As revoadas de garças, periquitos e araras; o lento caminhar dos tuiuiús à beira da água e o banho de sol dos jacarés em bando são cenas comuns de se ver a qualquer hora do dia e ficam ainda mais mágicas ao pôr do sol.

Os safáris realizados após o jantar revelam animais de hábitos noturnos, como lobos-guarás, corujas, capivaras e, com sorte, onças-pintadas e jaguatiricas. Os bichos são pegos de surpresa pela luz da lanterna dos guias numa atividade chamada “focagem noturna”. Seus olhos parecem até brilhar.

Passeio de chalana com pesca

Outra atividade bastante típica de uma viagem ao Pantanal é o passeio de chalana com pesca de piranha. Você se sente um verdadeiro personagem de novela ao navegar no típico barco pantaneiro pelos rios da região e não resiste a cantar as músicas do cantor Almir Sater durante o passeio. Fisgar o peixe carnívoro é apenas um detalhe do passeio, que provoca uma intensa interação com o bioma.

Admirar a paisagem pantaneira a partir da água também é possível com outras embarcações além da chalana. Você pode fazer passeios de canoa, lancha, voadeira (barco com casco de alumínio e motor na popa) e até caiaque. Sim, você rema o próprio caiaque com total segurança e apoio dos guias, sem se intimidar com os possíveis animais que habitam o entorno.

Hotéis de selva: experiência pantaneira segura e confortável

Todas essas vivências no Pantanal são muito seguras e confortáveis durante a hospedagem em hotéis de selva. Os estabelecimentos sempre organizam passeios com experientes guias, que contam curiosidades sobre o bioma, sua fauna, sua flora e seus moradores. Entre uma atividade e outra, você pode relaxar na piscina, nos redários, em outras áreas comuns e no próprio quarto.

As diárias costumam incluir pensão completa, com café da manhã, almoço e jantar. Assim dá para degustar a típica gastronomia regional, como o churrasco pantaneiro, a carne-seca com banana-verde, a paçoca de pilão e o caldo de piranha, considerado afrodisíaco de acordo com a lenda local. Outros peixes que fazem parte do cardápio pantaneiro são o pacu, o pintado e o dourado, que ficam deliciosos fritos, assados ou cozidos.

A Fazenda San Francisco (fazendasanfrancisco.tur.br), na região de Miranda (MS), a 236 km de Campo Grande, é um desses lugares perfeitos para curtir o Pantanal com segurança e conforto. Quem já estiver na região pode simplesmente passar o dia no local. O programa day use inclui safári, passeio de chalana com pesca de piranha, almoço e happy hour.

A fazenda também tem pacotes com períodos de hospedagem que variam de dois a cinco dias, sempre com passeios diferentes em cada um deles. Além do turismo, a San Francisco se dedica à pecuária e ao cultivo de arroz, e assim também fazem parte dos visuais dos passeios as grandes plantações dos grãos e os pastos repletos de gado.

Também fica na região de Miranda (MS) a Caiman (www.caiman.com.br), com acomodações na pousada Casa Caiman e em duas villas privativas para grupos que desejam privacidade. Alguns de seus opcionais é o monitoramento de ninhos de araras-azuis na companhia de biólogos, os passeios de bicicleta, a observação de aves e o Onçafari, um passeio por onças-pintadas acostumadas com os veículos de safáris fotográficos.

Já o Hotel Sesc Porto Cerrado (www.sescpantanal.com.br) fica em Poconé, a 145 km de Cuiabá, no Pantanal Norte. Além de hospedar turistas, também recebe estudantes da região em quatro espaços: o Centro de Interpretação Ambiental, o Borboletário, a Coleção de Insetos e o Formigueiro. Para os hóspedes do hotel, algumas atividades diferenciadas são o arvorismo, a tirolesa, a oficina de cerâmica em argila e a visita à casa de um legítimo pantaneiro, com direito a roda de viola.

O contato com os nativos do Pantanal em qualquer hotel, aliás, é uma oportunidade de conhecer uma outra relação entre o homem e a natureza. Você pode se surpreender, por exemplo, ao ver um pantaneiro batendo um papo amigável com um jacaré ou pegando uma cobra coral com toda a tranquilidade do mundo antes de devolvê-la para seu habitat.

Maristela é jornalista especializada em turismo há mais de 25 anos. Trabalhou em publicações como o caderno de Turismo da Folha de S. Paulo, a revista Viagem e Turismo e o site viajeaqui.com.br. Já visitou cerca de 30 países e é autora dos livros “Lua de mel – como planejar sua viagem” e “Viaje Sozinha – Dicas e experiências para que você viaje na boa e se divirta como nunca”, ambos da Panda Books.

Escrito por

Maristela do Valle

Acompanhe a Patriani nas redes sociais

Endereço

Santo André - SP

Fone: (11) 4318-0666

Av. Padre Manuel da Nóbrega, 385 Bairro Jardim, Santo André – SP 09080-140

Comunicação Corporativa

(11) 4318-0666

Kelly Zucatelli

Assessoria de imprensa

XCOM

(11) 2898-7474